segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Figa na Vitrine Nassau


Olá amigos,
Quarta-feira teremos a Figa na Vitrine Nassau, com pocket desfile e bate-papo com a estilista da marca. Nos vemos lá!
Beijos, Bianca Duarte

sábado, 20 de novembro de 2010

Evento Moda Contúdo




Programação:
27/11/10 - SÁBADO - FBV - Campus Imbiribeira
Manhã (9 às 13h): 9h às 13h – Oficina de Ilustração – Max Motta – Local: Sala FBV 9h às 13h
Oficina de Maquiagem –Otávio Keven – Sala FBV 9.30h às 11h
Palestra: Mercado de Moda – Fred Maia (SINDIVEST) – Local: Sala FBV 11.30h às 13h
Palestra: Games – Mário Júnior e George Brayner – Local: Sala FBV Tarde (14h às 17.30h): 14h às 17h
Oficina de Ilustração (cont.)– Max Motta – Local: Sala FBV 14h às 15.30h
Palestra: Figurino – Andréa Monteiro – Local: Sala FBV 14h às 15.30h
Debate: Jornalismo x Mídias Sociais – Camila Coutinho, Danielle Ferreira, Dário Brito e Profª Patrícia Lemos – Local: Auditório FBV 16h às 17.30h
Debate: Produção de Moda – Douglas Guerra, João Arraes, Romildo Alves e Profº Domingos Luna – Local: Auditório FBV

domingo, 7 de novembro de 2010

Moda Recife 2010

Gente, o Moda Recife esse ano está demais. Super palestras, desfiles imperdíveis e muita badalação! Eu fui no ano passado em todos os dias, e este ano não vou perder... o Ricardo Coller arrasou na produção!
Nos vemos por lá.

Tá aí o line up pra vocês darem uma conferida:

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Moda: Uma filosofia, de Lards Svendsen

Finalmente foi lançado o livro Moda: uma Filosofia do Lars Svendsen.

No último Pense Moda ele fez uma das mais importantes palestras de todo o evento. Fez a gente pensar (e muito) sobre o valor da crítica para a moda:

“A moda hoje tem uma vasta influência na vida contemporânea e por isso é urgente reconhecer os méritos e fraquezas da moda. Pensar, como dizia Hannah Arendt é uma atividade positiva e destrutiva ao mesmo tempo. Pensar interrompe nosssas atividades. Para fazer uma reflexão é preciso impor um distancia do mundo real e depois voltar para o mundo e não ficar somente em pensamentos abstratos. A crítica é um exercício constante de habilidade de julgar e fazer distinções”.

No livro, Svendsen reúne referências que vão da música pop e da arte contemporânea a pensadores como Kant, Adorno, Barthes, Benjamin e Giddens. Concentrando-se no vestuário, faz um apanhado histórico e analisa a relação da moda com o corpo, a linguagem, a arte e o consumo.

E para quem não pode ir no Pense Moda tem o texto dele na íntegra como apendice do livro.

Editora Zahar

R$ 29,00


Fonte: http://forademoda.net/blog/?p=4619

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Queres informação de moda?????


Novidades em Recife!!!!!!


Quero convidá-los para vestir conosco a camisa desse maravilhoso projeto, o Moda e Mercado vem a partir do dia 14 com mais novidades, o ciclo de workshops recomeça e vem ahazandooo com a nova grade.

Agora com Eduardo Ferreira e o nosso sempre amado, Nestor Mádenes, o ciclo com certeza será novamente um enorme sucesso.

Cada curso disponibilizará apenas de 30 vagas e os precinhos estão ainda melhores, por apenas $100 cada, você pode aproveitar o que há de melhor no quesito 'cursos de moda da nossa cidade' e mais, alunos Nassau que reservarem o pacote ganham um desconto INCRÍVEL, apenas $210 bagatelitas, ou seja, um sai praticamente de graça.


Conto com você, não apenas no curso, mas divulgando essa ideiaaa!!!



quarta-feira, 7 de julho de 2010

Expo Na Tela do Corpo

Essa exposição vai ser linda, eu tenho certeza, pois a Mariana Souto Maior vai estar lá!
A Mari estudou comigo no SENAC, no curso de estilismo, lááá na era mezozóica, e até hoje somos amigas. Ela é uma fofa e super talentosa, e está brilhando com sua nova marca, a Soulreal.
Se eu fosse você, eu ia!



segunda-feira, 5 de julho de 2010

Desfile Bela à Vista


A ASSOCIAÇAO PERNAMBUCANA DE CEGOS (APEC), através da Assessoria de Assuntos Relativos à Mulher Cega e com Baixa Visão e em parceria com o Centro de Moda, Arte e Design Social, realiza no dia 17/07/2010, às 17h00, o DESFILE DE MODA “Bela à Vista”, cujas participantes serão todas mulheres cegas e com baixa visão.

Primeiro evento do gênero, abrange todo o Estado de Pernambuco, onde as inscrições para a seleção das participantes, que durante o desfile serão selecionadas três modelos, que irão representar o Estado de Pernambuco no Concurso de Beleza Miss DV, na cidade de Natal-RN, nesse mês de julho.

Essa iniciativa visa a inclusão social de maneira eficaz e dinâmica, onde mulheres cegas e portadoras de baixa visão poderão acompanhar todo do evento que será narrado/descrito com grande riqueza de detalhes pelo locutor presente.

São mulheres guerreiras, que estão no mercado de trabalho, que são mães, esposas, profissionais capacitadas e acima de tudo mulheres, que gostam de estar na moda, gostam de estar bem vestidas e maquiadas., com capacidades de estarem inseridas no mercado consumidor do Estado e que estão felizes por participarem desse projeto.

O tema central canta as belezas e tradições de nossa terra natal. Traduz de forma lúdica e limpa a força e a coragem da mulher pernambucana tratando de assuntos referentes ao nosso estado. Inúmeros são os grafismos apresentados na coleção que visam expandir as nossas fronteiras culturais com o Brasil e o resto do mundo.E dentro dessa migração, irão todos, sem exceção, distinção ou classe social. Pernambuco diz para o mundo que essas mulheres pode sim serem acolhidas por todos os mundos incluindo o da moda.

Os looks são de Márcia Moura, Manoel Ozi e Maiara Miranda.


Uma Antena Parabólica enfiada na Lama




quinta-feira, 1 de julho de 2010

Revista da Nassau



Demorou mas chegou!
A matéria que fizeram comigo e com a designer Magda Elisiário sobre moda sustentável, responsabilidade social e reciclagem...
Confere aí!


Reportagem de Talita e fotografias de Chico Peixoto (um fofo!).

segunda-feira, 14 de junho de 2010

19 de Junho | WORKSHOP MERCADO DE MODA
Desafios e Oportunidades no estado.

Horário: 10h às 12h – 13 às 15h
Local: Laboratório de Moda – Faculdade Mauricio de Nassau
Endereço: Rua João Fernandes Vieira, 110 – Boa Vista.

Objetivos
Proporcionar através da experiência as várias faces que envolvem o mercado de moda local e como os profissionais podem se inserir e conhecer seus desafios e oportunidades.

Tópicos:

- Panorama Geral e histórico de mercado local

- Áreas de atuação / Segmentos

- Indústria Agreste: Características de produção / Identidade - - Dados

- Perfil dos Profissionais

- Necessidade de Profissionais

- Cases de indústrias

- Formação do Pólo e posicionamento

Orientação Profissional:

Leopoldo Nóbrega, consultor em Moda e Mercado e um dos profissionais mais atuantes no pólo de moda de Pernambuco. Estilista por opção é Formado em Administração e Marketing, atua como artista plástico, cenógrafo e designer de produtos para as indústrias de Jeans.

Responsável por várias coleções para magazines como Marisa, Riachuelo, TNG, Wall Mart e marcas locais. É Editor de Moda e Consultor da Revista Moda agreste, fundador e coordenador da Câmara dos profissionais de moda da ACIC e recentemente assinou consultoria técnica, direção de arte e Curadoria do Festival do Jeans de Toritama, direção de arte para vários shows e especiais para Rede Globo NE.

Um profissional multimídia dedicado a construção da identidade da moda em Pernambuco através da vertente artística e cultural em sintonia com o mercado.

Número de Vagas: 30
Investimento R$ 100,00
* Alunos da Mauricio de Nassau terão desconto de 20% na inscrição.

Forma de Pagamento:

1. Na secretaria da Faculdade Mauricio de Nassau, Rua Fernandes Vieira 110 – Boa Vista, Recife – Coordenação de Moda e Estilo

2. Deposito Bancário
Banco Real / Santander
Ag 1003
Conta 220.188.97 – 3
Beneficiário: Leonardo Brunno Gomes Luna

Cpf 028.416.644-81

Informações:

ModaMercado – Rede de Profissionais de Moda
[81] 3031.7259 [81] 9255.4044

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Meu look para o Concurso LYCRA® Future Desgners



A inspiração para a criação deste look partiu da minha observação das mulheres nordestinas, que são delicadas e ao mesmo tempo fortes, assim como o denim, que é robusto e resistente, mas pode ser suave, pela sua cor, o azul, que nos traz a delicadeza e a feminilidade à mente.
O shape é moderno e feminino, num vestido com traços de uma deusa grega e da flor tulipa, que com a densidade do jeans fica estruturado e contemporâneo, vestindo bem uma mulher moderna para várias ocasiões.

domingo, 16 de maio de 2010

Eu etiqueta

Em minha calça está grudado um nome

Que não é meu de batismo ou de cartório

Um nome... estranho

Meu blusão traz lembrete de bebida

Que jamais pus na boca, nessa vida,

Em minha camiseta, a marca de cigarro

Que não fumo, até hoje não fumei.

Minhas meias falam de produtos

Que nunca experimentei

Mas são comunicados a meus pés.

Meu tênis é proclama colorido

De alguma coisa não provada

Por este provador de longa idade.

Meu lenço, meu relógio, meu chaveiro,

Minha gravata e cinto e escova e pente,

Meu copo, minha xícara,

Minha toalha de banho e sabonete,

Meu isso, meu aquilo.

Desde a cabeça ao bico dos sapatos,

São mensagens,

Letras falantes,

Gritos visuais,

Ordens de uso, abuso, reincidências.

Costume, hábito, premência,

Indispensabilidade,

E fazem de mim homem-anúncio itinerante,

Escravo da matéria anunciada.

Estou, estou na moda.

É duro andar na moda, ainda que a moda

Seja negar minha identidade,

Trocá-lo por mil, açambarcando

Todas as marcas registradas,

Todos os logotipos do mercado.

Com que inocência demito-me de ser

Eu que antes era e me sabia

Tão diverso de outros, tão mim mesmo,

Ser pensante sentinte e solitário

Com outros seres diversos e conscientes

De sua humana, invencível condição.

Agora sou anúncio

Ora vulgar ora bizarro.

Em língua nacional ou em qualquer língua

(Qualquer, principalmente.)

E nisto me comprazo, tiro glória

De minha anulação.

Não sou - vê lá - anúncio contratado.

Eu é que mimosamente pago

Para anunciar, para vender

Em bares festas praias pérgulas piscinas,

E bem à vista exibo esta etiqueta

Global no corpo que desiste

De ser veste e sandália de uma essência

Tão viva, independente,

Que moda ou suborno algum a compromete.

Onde terei jogado fora

meu gosto e capacidade de escolher,

Minhas idiossincrasias tão pessoais,

Tão minhas que no rosto se espelhavam

E cada gesto, cada olhar,

Cada vinco da roupa

Sou gravado de forma universal,

Saio da estamparia, não de casa,

Da vitrine me tiram, recolocam,

Objeto pulsante mas objeto

Que se oferece como signo de outros

Objetos estáticos, tarifados.

Por me ostentar assim, tão orgulhoso

De ser não eu, mar artigo industrial,

Peço que meu nome retifiquem.

Já não me convém o título de homem.

Meu nome noco é Coisa.

Eu sou a Coisa, coisamente.


(Carlos Drummond de Andrade)

sábado, 15 de maio de 2010

Uma antena parabólica enfiada na lama

Eu e a designer Magda Elisiário já estamos com todo o gás para o Projeto Passarela Feneart deste ano. Nossos looks já foram criados e estão na fase de produção.
O tema escolhido será: Ritmos Pernambucanos, e a Nassau ficou com o Mangue Beat. Para dar um gostinho, dêem uma olhada no nosso briefing de imagens e no release da mini-coleção.



Uma antena parabólica enfiada na lama

A inspiração para estes looks surgiu da nossa visão do Mangue Beat como um movimento genuinamente urbano, que agrega a modernidade com as raízes nordestinas tão presentes e sempre reafirmadas pelo povo pernambucano.
Como pessoas que vieram do Sudeste mas vivem no Nordeste, e amam esta terra, nossa visão desta cultura se expressa através de nossas criações de uma forma um pouco diferenciada, com grande ênfase no aspecto contemporâneo, mesmo tecnológico deste movimento.
A multiculturalidade é a chave que torna o Mangue Beat tão atraente aos olhos e ouvidos, enfim, às mentes dos rapazes e moças moderninhos das metrópoles do país, mangue boys e mangue girls antenados no que acontece no mundo, mas que não deixam suas bases regionais relegadas a um passado esquecido.
Os mestres deste movimento tiraram o pó dos ritmos tradicionais nordestinos como o maracatú, o coco de roda, o caboclinho, o cavalo marinho, dando-lhes um novo frescor, quando misturados ao pop, ao rock, ao rap e à música eletrônica num grande liquidificador chamado Recife. Um mix cultural inesquecível.

Nos looks foram usados elementos divertidos como os grandes óculos quadrados de Chico Science e as ondas vibratórias que saem das parabólicas (antenas parabólicas enfiadas na lama) bordadas em palha bem fininha, dando ideia de movimento e dinamismo.
Vestidos soltinhos com casacos sobrepostos foram utilizados, mas sempre fresquinhos, como pede o nosso clima, todos em algodão para que o conforto seja a prioridade.
O cinza aparece simbolizando o asfalto das metrópoles e a própria tecnologia, enquanto que o vermelho coral nos traz a energia e a vibração, quando mesclado com detalhes em verde realçando o contraste.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Super evento de noivas na Nassau

Ontem no campus CST da Faculdade Maurício de Nassau, houve um evento super charmoso sobre noivas, com 3 palestras incríveis, exposições de vestidos do estilista pernambucano Melk Z-Da na Vitrine Nassau, e um pocket desfile com dois vestidos criados pelas alunas de Design de Moda da faculdade usando materiais recicláveis como o pet e sacos plásticos. Tudo regado a prosecco e bolos especiais.






terça-feira, 6 de abril de 2010

Rude Boy

Gente, tô passada com o clipe novo da Rihanna, da música Rude Boy. Muuuuuita influência étnica africana mesmo... será a Copa do Mundo se aproximando???
Acho esses temas de Copa meio brochantes para criação, mas a Rihanna arrasou... amei!
Assistam o clipe AQUI.





quinta-feira, 25 de março de 2010

Vogue Curvy

Muito legal esta seção do site da Vogue, o Vogue Curvy sobre moda para pessoas fora do padrão estético (oi?) vigente...

Mark Fast
fall/winter 201111

Dêem uma olhada... vale muito.


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

OS MANDAMENTOS DA CRIATIVIDADE

(texto tirado de uma edição de 2006 da Revista Vida Simples)


* afinidade: reserve um momento do dia só para você fazer algo que realmente goste

* jogo: mantenha um clima lúdico em suas relações pessoais e, se possível, em sua rotina diária

* desenvolvimento: nunca pare de buscar informação, leia livros e revistas, acesse a internet

* cultura: vivas as artes – vá ao cinema e ao teatro, passe a frequentar exposições

* liberdade: procure ser espontâneo, a liberdade criativa começa em sua maneira de encarar a vida

* inocência: lembre-se de como você era quando criança e recupere um pouco aquele espírito

* empatia: aprenda a olhar para si e para os outros, o afeto nutre a criatividade

* amor: nunca deixe de cultivar seus verdadeiros gostos e paixões, eles vão alimentá-lo sempre

* ação: sonhar é importante, projetar o futuro é essencial, mas fazer é muito mais

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Cinema da Fundação

CINEMA DA FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO
Diretoria de Cultura - Rua Henrique Dias, 609, Derby
Fones: (81) 3073.6688, 3073.6689, 3073.6712 e 3073.6651
Ingressos: R$ 8,00 (inteira) – R$ 4,00 (acima de 60 anos/estudantes)
Promoção | Diretoria de CulturaCinema




2ª Semana:

O Homem Que Engarrafava Nuvens
(Brasil, 2008) De Lírio Ferreira. Com Chico Buarque, Caetano Veloso, David Byrne. Documentário musical sobre a vida e a obra do compositor, advogado, deputado federal e criador das leis de direitos autorais, Humberto Teixeira, também conhecido como "O Doutor do Baião" pela autoria de clássicos populares como "Asa Branca". O filme acompanha sua filha, Denise Dummont, numa viagem em busca de aprender mais sobre o pai. Isso dá ao filme o toque pessoal e humano, casando com a condução livre e autoral de Ferreira (Baile Perfumado, Árido Movie). 128 min. / Tela Larga / 35mm / Dolby SR / Espaço Filmes



4ª Semana:

Deixa ela entrar
(Låt den Rätte Komma In, Suécia, 2008), de Tomas Alfredson. Com Kåre Hedebrant, Lina Leandersson.
Um maravilhoso filme sueco com um ponto de vista um tanto diferente para uma história de vampiros e adolescentes. Inteligente, lírico, ousado e adequadamente sangrento, Deixa Ela Entrar equilibra o melhor do cinema de gênero com a delicadeza das grandes histórias de amor. Sinopse: Oskar tem 12 anos e é um garoto ansioso, frágil e provocado pelos colegas. Com a chegada de Eli, uma garota séria e pálida da mesma idade, que se muda para a vizinhança com o pai, ele ganha uma amiga. 112 min. / 16 anos / em 35mm / Dolby SR / Tela Larga / Filmes da Mostra